UTILIZANDO O TESTE DE MANTEL PARA TESTAR HOMOGENEIDADE DE SUPERFÍCIES MULTIDIMENSIONAIS

José Alexandre F. DINIZ-FILHO[1]

§    RESUMO: O teste de Mantel para comparação de matrizes tem sido recentemente usado em estudos de Biologia Populacional a fim de analisar padrões especiais de variação morfológica ou genética entre populações. Neste Trabalho, demonstramos como esta estatística pode ser utilizada para testar a hipótese nula de homogeneidade da superfície de variação multidimensional. O exemplo representado refere-se a variação geográfica de 18 caracteres morfométricos mensurados em 77 indivíduos de Lutosa brasiliensis (Orthoptera: Gryllycridoea: Henicidae), coletados em oito locais de São Paulo.

§    PALAVRAS-CHAVE: Mantel; randomização; variação geográfica.

 



[1] Pós Graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - Departamento de Biologia –Instituto de Biociências - UNESP – 13500-230 – Rio Claro – SP.