SOBRE ÍNDICES QUE GENERALIZAM O LER. II – EXPERIMENTOS COM DOIS SISTEMAS DE CONSORCIAÇÃO.

Euclides Braga MALHEIROS[1]

§    RESUMO: Num experimento de consorciação de culturas, para se obter uma proporção deseja do l para uma das culturas componentes do consórcio, Riley (1984) propõe que uma proporção de área k seja cultivada com um sistema de consórcio 4e a proporção restante, 1 - k , com outro sistema de consórcios dessas mesmas culturas. O índice para avaliar a eficiência do consórcio frente ao monocultivo, proposto pelo autor, é denominado LER COMBINADO. Este índice, assim como o LER ( Land Equivalent Ratio) e outros índices propostos na literatura, envolve quocientes de variáveis aleatórias e sua distribuição pode inviabilizar a realização de análises de variância. Estuda-se neste trabalho, a partir dos dados simulados em computador, a precisão dessas análises. Observa-se que esta precisão não é satisfatória em alguns casos, dependendo não só do valor de l , como também da variância residual do experimento.

§    PALAVRAS-CHAVE: Consorciação de culturas; índices envolvendo dois consórcios; precisão da análise da variância..

 



[1] Departamento de Ciências Exatas da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP- 14870-000 - Jaboticabal – SP.