A APLICAÇÃO DE ANÁLISE DE FATORES PARA AVALIAR AS INTERAÇÕES ENTRE OS PREDADORES FOSSORIAIS Sirthenia striata (HEMIPTERA : REDUVIDAE ) E Megacephala fulgida (COLEOPTERA : CICINDELIDAE)

Harold Gordon FOWLER[1]

§    RESUMO: Um método é desenvolvido para dados de abundância de duas espécies, caracterizadas por níveis baixos de correlação e/ou variâncias grandes. São caracterizadas as distribuições de cada espécie de cada região de amostragem, que posteriormente são combinadas para produzir um gráfico bivariado para facilitar a normalização dos dados. Os dados normalizados são posteriormente ordenados por análise de fatores para interpretação. O método foi usado para examinar as interações entre espécies e ambientes de predadores fossoriais, Sirthenia striata (Hemiptera : Reduvidae ) e Megacephala fulgida (Coleoptera : Cicindelidae) A interpretação dos fatores sugere que S. striata é relativamente mais abundante em praias pequenas e tem menores poderes de dispersão. Porém, M. fulgida é uma boa dispersadora e é relativamente mais abundante em praias maiores. O método pode ser útil para avaliação de relações ambiente-espécie para outros conjuntos de dados similares.

§    PALAVRAS-CHAVE: Distribuições; normalização dos dados; análise de fatores.

 



[1]Departamento de Ecologia - Instituto de Biociências - UNESP - 13506-900 - Rio Claro - SP.