UMA ANÁLISE DESAGREGADA DAS FLUTUAÇÕES DO PRODUTO NO BRASIL

Francisco CRIBARI-NETO [1]

§    RESUMO: O presente artigo analisa o comportamento dinâmico do produto total produzido por dois importantes setores da economia brasileira: agricultura e indústria. Mostra-se que o padrão estocástico das flutuações do produto nestes setores é bastante diferente. Em particular, há um alto grau de persistência de choques na indústria, mas não na agricultura. Mostra-se ainda que há evidência de não linearidades no processo gerador dos dados do produto agrícola.

§    PALAVRAS-CHAVE: função de resposta a impulso; modelos ARIMA; não linearidades; persistência de choques; razão de variância; teste BDS.

 



I thank Marcelo Resende por useful comments. The financial support of CNPq/Brazil is alsogratefully acknowledged.

[1] Departament of Economics, Southern Illinois University, Carbondale, IL 62901-4515 –U.S.A.