COMPARAÇÃO DE DOIS PROCEDIMENTOS PARA CORREÇÃO DO ERRO PADRÃO DOS QUOCIENTES DE VARIÁVEIS ALEATÓRIAS ENVOLVIDAS NO ÍNDICE LER, UTILIZADO EM EXPERIMENTOS DE CONSORCIAÇÃO DE CULTURAS

Euclides Braga MALHEIROS[1]

§    RESUMO: A precisão de análise da variância do índice LER( Land Equivalent Ratio) tem sido estudada por vários autores, concluindo-se que nos casos onde o índice é padronizado com divisores únicos dentro de uma mesma análise, a precisão da análise da variância é satisfatória. Como ressalta Oyejola & Mead (1989), os índices assim definidos não apresentam problemas distribucionais, uma vez que, dentro de uma mesma análise, os divisores são constantes e os índices nada mais são do que somas de variáveis aleatórias. O problema que surge é que, embora constantes, esses divisores são variáveis aleatórias, e portanto, a sua variabilidade deve ser considerada. Neste trabalho compara-se, a partir de dados simulados em computador, a precisão da análise da variância do índice LER, quando dois procedimentos para a correção do erro padrão dos quocientes de variáveis aleatórias são usados. O índice LER é padronizado pela média das produções em monocultivo, e faz-se a correção do erro padrão usando-se o maior dos erros padrões das parcelas., como proposta por Oyejola & Mead (1989), e usando-se a média desses erros padrões. Observa-se uma grande vantagem, no que se refere à precisão da análise da variância, quando a média é usada.

§    PALAVRAS-CHAVE: Consorciação de culturas; correção do erro padrão; índice LER; precisão da análise da variância.

 



[1] Departamento de Ciências Exatas da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP- 14870-000 - Jaboticabal - SP - Brasil. Bolsista do CNPq.