TESTE PARA VERIFICAR A IGUALDADE DE PARÂMETROS E A IDENTIDADE DE MODELOS DE REGRESSÃO NÃO-LINEAR.                I. DADOS NO DELINEAMENTO INTEIRAMENTE CASUALIZADO

Adair José REGAZZI[1]

Carlos Henrique Osório SILVA1

§       RESUMO: Considerou-se o ajustamento de g equações de regressão não-linear e o teste da razão de verossimilhança, com aproximação dada pela estatística qui-quadrado, para se testar a identidade dos modelos e comparar, por meio de simulação de dados, as aproximações dadas pelas estatísticas c2 e F. Para um número total de observações suficientemente grande (N ³ 120) as duas aproximações são praticamente equivalentes. Para amostras menores, a aproximação dada pela estatística F deve ser a preferida, uma vez que a taxa de erro tipo I foi sempre menor, independentemente do valor de N.

§       PALAVRAS-CHAVE: Curvas de crescimento; verossimilhança; teste de hipótese.



[1] Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa - UFV, CEP 36570-000, Viçosa, MG, Brasil. E-mail: adairreg@ ufv.br / chos@dpi.ufv.br.