O MÉTODO DE BOOTSTRAP PARA O ESTUDO DE
DADOS DE FADIGA DOS MATERIAIS

Mariano MARTINEZ-ESPINOSA1

Vera Lúcia Martins SANDANIELO1

Francisco LOUZADA-NETO2

§     RESUMO: O termo Bootstrap se refere, em geral, a uma técnica ou método de simulação, que objetiva a obtenção de intervalos de confiança para as estimativas dos parâmetros de interesse, por reamostragem do conjunto de dados original. A técnica Bootstrap pode especificamente ser utilizada quando são considerados modelos de regressão polinomiais. Um caso especial desses modelos é obtido quando os valores das variáveis independentes são codificados, ao se utilizar um planejamento fatorial. Neste caso, as variáveis independentes podem ser ortogonalizadas, possibilitando estimativas dos parâmetros mais exatas. O objetivo deste trabalho é o uso da técnica Bootstrap residual e de pares em dados experimentais de resistência à fadiga em corpos de prova de madeira, obtidos no  Laboratório de  Madeiras e de  Estruturas de Madeira (LaMEM)  – EESC – USP – Brasil, para verificar a adequação do modelo polinomial ortogonal múltiplo com distribuição normal, no estudo da resistência à fadiga em corpos-de-prova de madeira e estimar os parâmetros deste modelo em diferentes situações experimentais, utilizando simulações. Os resultados das simulações pelos métodos de Bootstrap mostram que esta técnica pode ser utilizada para o objetivo deste trabalho.

§     PALAVRAS-CHAVE: Bootstrap; resistência à fadiga; madeira; modelo polinomial ortogonal múltiplo da distribuição normal.



1Departamento de Estatística, Instituto de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal de Mato Grosso ‑ UFMT, CEP 78060-900 Cuiabá, MT, Brasil. E-mail: marianom@cpd.ufmt.br / veluma@cpd.ufmt.br

2Departamento de Estatística, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, Caixa Postal 676, CEP 13565‑905, São Carlos, SP, Brasil. E-mail: dfln@power.ufscar.br