A distribuição generalizada de Pareto-Poisson no estudo da precipitação pluvial total diária
máxima em Piracicaba, SP

Renato Rodrigues SILVA[1]

Silvio Sandoval ZOCCHI1

§         RESUMO: Utilizou-se o modelo da distribuição generalizada de Pareto-Poisson para analisar a série de dados de precipitações diárias totais excedentes em relação a um valor limiar, registrados durante o período de 1917 a 2004 em Piracicaba, SP. Escolheu-se o valor limiar tal que os excessos seguiram distribuição generalizada de Pareto e que o tamanho médio dos grupos de excedentes não se diferiu estatisticamente de 1. Uma vez escolhido o valor limiar, os parâmetros do modelo foram estimados por meio do método da máxima verossimilhança e baseando-se nessas estimativas foram obtidos os níveis de retorno para os períodos de 10, 25, 50 e 100 anos e respectivos intervalos de 95\% de confiança por meio do método do perfil da máxima verossimilhança. Além disso, foram obtidos os períodos de retorno para precipitações diárias totais de 40, 60, 80 e 100 mm. A qualidade do ajuste aos dados foi avaliada por meio dos gráficos probabilidade-probabilidade e quantil-quantil. Analisando os resultados observou-se que em um período de 50 anos, espera-se em média, que precipitações diárias totais acima de 85 mm ocorram apenas nos meses de novembro a março e, então, concluiu-se que para esses meses esperam-se as maiores precipitações diárias totais.

§         PALAVRAS CHAVE: Teoria dos valores extremos; período de retorno; nível de retorno.



[1] Departamento Ciências Exatas, Universidade de São Paulo, campus de Piracicaba -- ESALQ/USP, Caixa Postal 9, CEP 13418-900 , Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: rrsilva@esalq.usp.br / sszocchi@esalq.usp.br