Estudo de influência em modelo log-linear de estimação direta

Rosana CEPEDA[1]

Claudia MARINELLI1

Nélida WINZER[2]

§     RESUMO: Para efetuar análises de influência nas tabelas de contingência onde um modelo log-linear de estimação direta ajusta-se adequadamente, as medidas de diagnóstico propostas por Andersen (1992) para um modelo de independência podem ser generalizadas de uma maneira simples. As mesmas permitem determinar quanto influi cada cela no modelo formulado. Porém, estas medições não fornecem informação específica sobre os termos de interação do modelo. Neste trabalho apresenta-se uma análise complementar àquela de Andersen para poder explicar a influência sobre os termos de interação. Mais especificamente, por meio da definição da curva de influência na Análise da Correlação Canônica para dados categóricos, é possível determinar qual das celas exerce maior influência sobre a inércia em cada tabela marginal, conseguindo assim um estudo mais exaustivo. As vantagens da metodologia proposta são discutidas através da sua aplicação a diferentes conjuntos de dados.

§     PALAVRAS-CHAVE: Curva da influência; modelo log-linear; inércia; correlação canônica.

 



[1] Instituto Multidisciplinario de Ecosistemas y Desarrollo Sustentable, UNCPBA, Pinto 399, B7000GHG Tandil,Buenos Aires, Argentina.E-mail: rcepeda@exa.unicen.edu.ar / cmarine@exa.unicen.edu.ar

[2] Departamento de Matemática, UNS, Alem 1253, B8003JSM Bahía Blanca, Buenos Aires, Argentina, E-mail: nwinzer@criba.edu.ar